sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sétima arte - Top 5: Johnny Depp

E a tag "Sétima arte" voltou! Adoro esta parte do blog!
E, para comemorar a volta em grande estilo, vamos levar em consideração o filme que estreia hoje (sexta feira, 22/07/2012), "Sombras da noite" com o genial ator Johnny Depp e fazer um Top 5 dedicado ao seu trabalho.
Tarefa quase impossível escolher SÓ cinco filmes dele, mas não poderia me estender muito, né? Foi difícil, mas vamos lá:
O ATOR
John Christopher Depp II nasceu na cidade de Owensboro no estado de Kentucky, Estados Unidos no dia 9 de junho de 1963.
Foi graças a seu primeiro casamento, com a maquiadora Lori Anne Allison que Depp foi apresentado ao mundo do cinema através do também ator, Nicolas Cage. Devido a ajuda de Cage ele conseguiu seu primeiro papel, no filme "A hora do pesadelo".
a partir dai, vieram outros trabalhos que o consagraram como um ator de verdade e não somente como um rosto bonito.
Em 1990, Johnny conheceu o excêntrico diretor Tim Burton, firmando uma amizade e parceria de trabalho que já dura anos.
Seu primeiro trabalho como diretor foi com o filme "O Bravo" em 1997.
Foi com o trabalho na franquia "Piratas do Caribe" como o capitão Jack Sparrow, que Depp caiu nas graças do público e de Hollywood, recebendo sua primeira indicação ao Oscar em 2004.
Johnny é conhecido pelas suas idas e vindas na vida pessoal e amorosa mas isso não tira seu talento como ator.

TOP 5


A JANELA SECRETA (SECRET WINDOW) - 2004
A Janela Secreta é um filme de suspense baseado em um livro de ninguém menos que Stephen King.
Mort Rainey (Johnny Depp) é um bem sucedido autor de livros comerciais que está passando por uma crise pessoal: ele acabou de ser traído por sua esposa e consequentemente sofreu uma separação muito dolorosa, o que causou um bloqueio criativo e uma vontade de não fazer nada.
Tomado por este sentimento, Rainey muda-se para uma sombria cabana na beira de um lago e lá não faz nada senão dormir e amargar a separação.
Se tudo estava ruim, poderia piorar: Certo dia Mort é acusado de ter plagiado o livro do estranho psicótico John Shooter. E, apesar dos esforços de Rainey para conte-lo, John decide se vingar utilizando métodos radicais como assassinato a sangue frio.
Diante desta situação, Rainey acaba envolvido em um jogo mental de gato e rato e descobre ter mais determinação do que jamais imaginou.
O que ele não poderia sequer imaginar é que Shooter parece o conhecer melhor do que ele próprio.
É um filme com desenrolar fantástico e um final mais fantático ainda. Vale a pena.
Com Johnny Depp e John Turturro. Direção de David Koepp. 

A NOIVA CADÁVER (CORPSE BRIDE) - 2005
Teria que ter uma animação no nosso Top 5, né? Esta em particular eu amo e é resultado de uma das parcerias de Johnny Depp com o diretor Tim Burton.
É um trabalho todo em stop - motion (Para quem não sabe, Stop - Motion é uma técnica de fotografia que "monta" o filme, quadro por quadro, ou seja, foto por foto) baseado em um conto russo-judáico do século XIX  que se passa na era vitoriana, na Inglaterra.
O trabalho de Depp neste filme é de dublador da personagem principal Victor Van Dort, um rapaz que está "condenado" a casar com uma moça que ele não conhece para "salvar" sua família de ficar pobre.
Nervoso, com medo de fracassar, na véspera do casamento, Victor vai até a floresta e começa a ensaiar os votos do casamento, colocando uma aliança em um galho de árvore. O que ele não poderia imaginar é que aquele galho era a "mão" de uma adorável noiva, chamada Emily (dublada por Helena Bonham Carter, esposa de Tim Burton) que está morta. Assim, Victor acaba conhecendo o mundo dos mortos. Muito mais divertido do que onde ele mora.
Com as vozes de Johnny Deep e Helena Bonham Carter. Direção de Tim Burton.


SWEENEY TODD: O BARBEIRO DEMONÍACO DA RUA FLEET (SWEENEY TODD: THE DEMON BARBER OF FLEET STREET) - 2007
Este filme é mais um resultado da parceria Depp - Burton. É um fantástico filme do gênero musical - suspense baseado em uma produção teatral da broadway.
Benjamin Barker (Johnny Depp) é um barbeiro que foi obrigado a deixar a esposa e a filha para trás. Após quinze anos ele volta à Inglaterra ávido por vingança. Ele volta a sua antiga barbearia que acabou sendo transformada em uma loja de tortas incomuns preparas pela Mr.Lovett (Helena Bonham Carte - olha ela aí de novo!).
Decidido a se vingar do juiz Turpin (Alan Rickman) que causou a separação entre ele e a família sob uma falsa acusação, barker, agora com o nome de Sweeney Todd, passa a trabalhar novamente na barbearia deixando seus clientes de um jeito uhn... digamos, diferente.
As músicas são fantásticas e deixam o filme com um clima diferente e fantástico, marcado pela excentricidade de Depp, Burton e Carter.
Com Johnny Depp e Alan Rickman. Direção de Tim Burton.



O TURISTA (THE TOURIST) - 2010
Este é fantástico. Constumo dizer que este é um filme com o final COMO ASSIM?.
Elise Clifton-Ward (Angelina Jolie) é acompanhada de perto pela equipe chefiada pelo inspetor John Acheson (Paul Bettany) pois ela viveu por um ano com Alexander Pearce, procurado pela polícia devido a sonegação de impostos em torno de 700 milhões de libras. O rosto de Pearce é desconhecido por todos e até por Elise, já que ele passou por diversas plásticas para escapar de perseguidores. Ele enfim entra em contato com Elise ao lhe enviar um bilhete, onde pede que vá encontrá-lo em Veneza e, no caminho, procure alguém com tipo físico parecido com o seu, para enganar a polícia.
Obedecendo Alexander, Elise vai a Veneza e conhece o professor Frank Tupelo (Johnny Depp) no trem à caminho da cidade italiana. Inpressionado com a beleza de Elise, Frank aceita a oferta de acompanha-la ao hotel. Só que logo Frank se torna alvo de Reginald Shaw (Steven Berkoff), um poderoso gângster que teve mais de US$ 2,5 bilhões roubados por Pearce. A partir dai, começa um emocionante jogo de gato e rato com um final surpreendente.
Apesar da fórmula americana manjada de colocar dois atores atraentes como protagonistas para chamar a atenção do público, vale a pena assistir.
Com Johnny Depp e Angelina Jolie. Direção de Florian Henckel Von Donnersmarck.



PIRATAS DO CARIBE - início: 2003
Esse não teve como escolher um só da franquia, iniciada em 2003 e que começou a ser dirigida pelo diretor de "O Chamado", aquele filme famoso da menina que sai da televisão e sua fita de vídeo.
Jack Sparrow ganhou um "estilo" todo diferenciado graças ao trabalho de Depp. Não é possível olhar para ele e não rir do seu jeito de andar, falar e tomar atitudes.
O tema "Pirataria" não era bem visto pela crítica antes da estreia do filme, mas a história acabou envolvendo os críticos e também o público, rendendo quatro filmes: A maldição do Pérola Negra, O baú da morte, No fim do mundo e Navegando em águas misteriosas.
A história é complexa devido a quantidade de fatos, mas, resumindo, são as aventuras do pirata Jack Sparrow, Will Turner (Orlando Bloom) e Elizabeth Swan (Keira Knighley) que envolvem não só confusões "pessoais", misturando até mesmo pessoas poderosas do governo do Caribe. O mais legal é que ao desenrolar da história há a entrada de personagens basesadas em fatos reais como o navio Holandês Voador e o pirata barba Negra.
Vale ressaltar os cenários maravilhosos do Caribe, a produção e maquiagem fantásticas e a trilha sonora, feita pelo genial Hans Zimmer, velho conhecido da música na sétima arte.
A interpretação de Depp não é o principal fator, mas não há como negar que grande parte do sucesso do filme vem da irreverente formulação que ele deu à personagem rendendo vários prêmios a franquia.
Com Johnny Depp e Orlando Bloom. Saga desenvolvida pelos roteiristas Ted Elliot e Terry Rossio.
 PS: Esta saga merece um post de "Sétima Arte" exclusivo não acha?
Importante ressaltar que os filmes estão selecionados por ordem de estreia e não por preferência minha.
Acho que o Johnny Depp vale mais uma edição do Top 5, rs... 
Esta foi o Top 5 de hoje. Gostou? Deixa um comentário, dúvida, crítica, sugestão. Você escolhe!

Um comentário:

  1. da uma lida no seu PS, é exclusivo não esclusivo

    ResponderExcluir